voluntário virtual médicos sem fronteiras clique e acesse! Vamos ajudar!

Motivação


 Motivação é uma força particular

A motivação é uma força interior que se modifica constantemente  durante toda a vida; direciona e intensifica os objetivos de um indivíduo. Dessa forma, quando dizemos que a motivação é algo interior, que está dentro de cada pessoa de forma particular erramos em dizer que alguém nos motiva ou desmotiva, pois ninguém é capaz de fazê-lo. 



Exemplo de vida, Nick Vujicic

Nicholas James Vujicic (Melbourne4 de dezembro de 1982) é um evangelista e palestrante motivacional e diretor da Life Without Limbs. Nascido sem pernas e braços devido a rara síndrome Tetra-amelia, Vujicic viveu uma vida de dificuldades e privações ao longo de sua infância. No entanto, ele conseguiu superar essas dificuldades e, aos dezessete anos, iniciou sua própria organização sem fins lucrativos chamada Life Without Limbs (em portuguêsVida sem Membros). Depois da escola, Vujicic frequentou a faculdade e se formou com uma bidiplomação. Deste ponto em diante, ele começou suas viagens como um palestrante motivacional e sua vida atraiu mais e mais a cobertura da mídia de massa. Atualmente, ele dá palestras regularmente sobre vários assuntos tais como a deficiência, a esperança e o sentido da vida.

video


Ayrton Senna

video

video


Gabrielle Andersen

Gabrielle Andersen-Schiess é uma corredora de maratona suíça nascida em 20 de março de 1945Nos Jogos Olímpicos de Verão de 1984 realizado em Los Angeles, durante a maratona feminina, conquistada pela norte-americana Joan Benoit, Gabrielle, completamente desidratada e desorientada pelo esforço no calor , além de estar com uma forte cãibra na perna esquerda, cambaleou nos últimos 200 metros da maratona levando 10 minutos para completá-los até cair desacordada nos braços dos médicos sobre a linha de chegada. Após a prova ela disse aos jornalistas que queria terminar o percurso pois aquela talvez fosse sua única oportunidade olímpica devido aos seus trinta e nove anos. Ela chegou na 37º colocação entre 44 corredoras.

video




Derek Redmond

Durante sua breve carreira, foi detentor do recorde dos 400 metros na Grã-Bretanha, e foi medalhista de ouro nos 4x400 metros estafetas em Campeonato MundialEuropeu e nos Jogos da Commonwealth.
Apesar de ser sempre um dos grandes nomes das provas de 400 m que disputava, Derek sofreu sua carreira toda com lesões. Nos Jogos Olímpicos de Seoul-88, quando se preparava para disputar a prova, teve de abandoná-la devido as dores.
Nos Jogos Olímpicos de Barcelona 1992 era o grande favorito para ganhar esta prova, uma vez que no ano anterior havia se sagrado campeão mundial. Porém, após largar na prova da semi-final, uma distensão dos músculos posteriores da coxa fez com que ele parasse de correr. Mesmo com muita dor, e após todos os adversários terem terminado a prova, 
Derek continuou na prova, lutando contra esta dor. Vendo seu esforço, o público começou a incentivá-lo. Seu pai saltou da arquibancada e, furando o bloqueio dos seguranças, abraçou seu filho e o ajudou a terminar a prova. Essa cena é considerada uma das mais bonitas de todos os jogos olímpicos.
Esta lesão o afastou definitivamente das pistas de atletismo.
Atualmente, Derek ministra palestras motivacionais. O pai de Derek foi uma das pessoas que carregou a Tocha Olímpica durante evento para as Olimpíadas de Londres de 2012.

video


Vídeos de várias pessoas
video


A vida que você escolheu


video



IRON MAN
O Iron Man é a prova mais clássica de triatlo e também uma das mais difíceis: 42 quilômetros de corrida, 180 quilômetros de ciclismo e mais 3,8 quilômetros de natação no mar do Havaí. Se já é difícil para qualquer um, imagine fazer tudo isso com idade avançada e carregando um filho deficiente?

Essa é a história de Dick Hoyt, um pai que, com mais de 60 anos, decidiu completar a prova do Iron Man carregando seu filho Rick. O menino tinha tudo para ser uma criança saudável, mas na hora do parto o cordão umbilical ficou preso ao pescoço, e ele perdeu oxigênio no cérebro. Por conta do acidente, Rick não pode falar nem controlar os movimentos dos braços e das pernas, vivendo em uma cadeira de rodas.
A história de Dick e Rick, que se autointitulam Team Hoyt, ficou famosa no mundo todo e rendeu um livro, chamado Devoção.

O Fantástico, da Rede Globo, fez uma reportagem com os dois e mostrou cenas incríveis dessa aventura. Assista aos vídeos abaixo e pense duas vezes quando se pegar dando desculpas para não fazer alguma coisa.

Fique com o recado final de Dick: “Nossa mensagem é: ‘Sim, você pode’. Não há, no nosso vocabulário, a palavra impossível. Esse é o nosso lema. E nós continuaremos com ele até o fim”.

video



video




Vídeos Motivacionais


Deivison Pedroza


ON ou OFF - de que lado você está?




Receita de Felicidade





Onde está o amor?






Flávio Siqueira


O tempo: passa rápido





O que fará depois desse vídeo?





André Ortiz

O que te impede de ser feliz?


Nenhum comentário:

Postar um comentário